Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quero pagar as minhas contas!

Quero pagar as minhas contas!

Como manter o foco

 

Há cerca de um ano e pouco atrás, instalei no meu telemóvel uma aplicação que calculava o meu tempo gasto nas redes sociais. Houve um dia em que passei 4 horas, de acordo com a aplicação e isso assustou-me.
Todos os dias, nós temos 24 horas, 1440 minutos ou 86400 segundos... E o que é que a maioria de nós faz com este tempo que não volta de novo? Procrastinação. Não faz nada de útil. Gastamos um dos mais valiosos bens – o tempo - em redes sociais (a visualizar a vida dos outros), a ver TV ou a fazendo apenas scrol down pelos facebooks da vida. A minha ideia é manter o foco, isto é, tentar arranjar meios para me concentrar nos objetivos que tenho neste momento em mente: independência financeira, aprender/reaprender fotografia (abordarei este assunto um dia mais tarde), família e concretizar as minhas resoluções 2018.
 
Antes de apontar o caminho para o sucesso (salvo seja), é importante reconhecer que fatores levam a que fiquemos longe das nossas metas. Se para alguns poderá ser uma atitude pessimista (também a tenho), o medo de falhar, metas irrealistas, desculpas esfarrapadas (não tenho tempo), para mim o maior fator de desvio de foco é a família. Os meus filhos pequenos requerem muito do meu tempo livre. Não é tempo perdido – longe disso -, nem quero ser mal interpretada. O problema é que além de requererem tempo, porvezes, requerem MUITA paciência que faz com que, quando tenha tempo livre (sem estar com eles) só queira “não fazer nada”, estar no Instagram a ver vídeos...E nisso tenho que ser mais disciplinada.
 

Como manter o foco? Como ser mais disciplinada? Como não desviar a nossa atenção dos nossos objetivos?

 
Sei que no meu caso é difícil lidar com a procrastinação, mas acima de tudo, gosto que chegue a hora de ir dormir e sentir-me orgulhosa e feliz por ter feito o que tinha a fazer durante o dia. E ultimamente, este sentimento de orgulho não tem estado muito presente.
Eis algumas técnicas, práticas, ou lá o que seja, que a partir de hoje vou ter em mente:
  • Definição de objetivos: tenho de ter expectativas reais, definição de metas específicas, mensuráveis, realistas, com relevo e com um prazo (pesquisem sobre Modelo SMART).
  • Em vez de apenas sonhar, realizar: eu sonho muito. Tenho boas ideias (acho eu), mas na hora de dar corpo ao devaneio, não o faço.
  • Remover distrações: evitar o telemóvel. Já se colocaram num canto de um café e verificaram que à vossa volta está tudo com as mãos no telemóvel. As pessoas dão mais importância a um bem material do que as pessoas que estão à frente delas.
  • Lista de prioridades, metas e tarefas: uma das técnicas motivacionais que pesquisei com o intuito de manter o foco foi a criação de listas. Ademais,escrever 3 tarefas antes de dormir para realizar no dia seguinte é uma forma de estabelecer rotinas e de realizar os nossos objetivos. Eu concordo com esta técnica e a ideia é desmontar o objetivo principal em pequenas metas diárias. Por exemplo, quero aprender mais sobre fotografia. Uma das metas para amanhã seria estar meia hora a fotografar e depois avaliar o trabalho. Outra meta poderia ser ler sobre técnicas de fotografia. Grão a grão...

  • Exercício diário: não estou a falar de atividade física. É importante avaliar e monitorizar diariamente, caso consiga, em que etapa estamos no processo. Sou apologista que quanto mais tempo gastamos no nosso objetivo, mais perto ficamos de concretizar.
  • Fazer desporto diário: para mim funciona como motor de relaxamento. É a minha hora. Não penso em nada e ajuda-me a concentrar-me nas atividades prioritárias no resto dia. Quando não faço exercício, por incrível que possa parecer, vem ao de cima a minha atitude pessimista (que está diretamente ligada com a procrastinação).
· 
Outros fatores que encontrei e que vou analisar mais detalhadamente é a diminuição do guarda-roupa e o dizer não ao que não é importante.
 
E por aí? Que técnicas usam para se focarem nos vossos objetivos?

 

1 comentário

Comentar post